sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

OPORTUNISTAS

Oportunista do mundo animal.
A sra. Chupim, uma preguiçosa de marca maior, coloca seus ovos no ninho de pássaros menores que os chocam e alimentam os filhotes. Obviamente os verdadeiros filhotes morrem pois, o grandão, exige toda a energia dos pais adotivos para alimentá-los.

Um desses grandões está aqui no quintal.


Acredito que a mãezinha adotiva é uma Tziu.
Fico imaginando como ela deve estar exausta. Torço para  que o grandão aprenda a se  alimentar sozinho logo.

Fico pensando como este comportamento é bem parecido com o de alguns humanos: grandões abusando e usufruindo de pequenos, tirando vantagens sem se importarem com nada. Só vantagens, só vantagens...


sábado, 26 de novembro de 2016

FLORES DA SERRA DA CANASTRA - LÍRIOS AZUIS

Começando a mostrar um pouquinho das flores que vimos na Serra da Canastra.
Hoje apenas os lírios azuis.
  








 Suspiro...

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

A TAMANDUÁ

Minha amiga Silmar, dona da Pousada Fazendinha da Canastra, me mandou uma foto e uma mensagem: “Olhe só, a Canastra está florida. “  
Enlouqueci.
Pegamos a estrada na 6ª feira, passamos todo o sábado na parte alta da serra e retornamos domingo. Estamos moídas afinal, não temos mais 20 anos, né?
Se valeu a pena? Nossa!!!! Foi um sonho.
Flores amarelas, brancas, lilazes, azuis, alaranjadas. Muitas flores mesmo. Zilhões. Inimaginável.
As imagens não fazem jus à realidade. Deslumbrante.
Vou mostrá-las aqui sim, algumas. Preciso fazer uma seleção.
Por agora, mostro um dos bônus que a serra nos proporcionou. Uma tamanduá, tranquilamente comendo formigas e cupins.


Tamanduás são mansos, não nos atacam. Apenas o fazem se sentirem ameaçados e/ou acuados. O famoso “abraço de tamanduá” só acontece quando eles precisam se defender.
Estávamos contra o vento, então ela não sentiu nosso cheiro e como têm péssimas visão e audição chegamos bem pertinho dela.
Ainda vimos família de corujinhas, gaviões, muitas aves.

Não precisamos de muita coisa para nos sentirmos muitíssimo ricos, concorda? 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

OLHE QUEM VEIO PARA O CAFÉ DA MANHÃ!

Tempão que eles não apareciam.
Cheguei a pensar que alguém os havia capturado.

Levantei os olhos do trabalho, olhei pela janela da oficina e eles estavam lá. Caladinhos comendo o mamão que coloquei para a turma que gosta de fruta.


Bem-vindos! Sempre!

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

BORDANDO COM A MÁQUINA DE COSTURA O TUTORIAL

“Como você faz isto? “ É a pergunta que mais escuto quando as pessoas olham as minhas paisagens bordadas.
Então eu resolvi fazer um vídeo mostrando os movimentos que eu uso.
Esta é a forma como eu faço. Não sei se é certa ou errada, sei que para mim funciona.

Eu trabalhei duro, muito duro mesmo para fazer este video. Levei algumas surras para editá-lo. Foram 17 takes que editei um a um, depois juntei todos. Ainda ficou muito grande. Cortei pedaços.
Acreditei ter substituído o som da máquina de costura pela  musica. Tal não aconteceu. Fiz mais algumas tentativas, todas infrutíferas. A musica só aparece no início e para. Eu estou muito cansada de mexer com isto. Ficará assim mesmo. Desculpem-me por favor!


E, para terminar quero dizer que este vídeo é um presente especial para minhas amigas: Sheila Munro e Jo Ferguson do Canadá e para a querida Ana Carolina de Portugal.


Fui! Vou costurar. Chega de edição de vídeos (por enquanto).

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

PANOS DE PRATO - A CAMINHO DAS 300 UNIDADES!

O Grupo de Costura caminha rápido para as 300 unidades prontas! A nossa meta para a próxima exposição e vendas (2017) é de 800 panos.

Além dos panos com as barrinhas bordadas em tecido quadriculado (aqui e aqui) ficaram prontas também estas gracinhas:




Trabalho em equipe. Trabalho que esbanja carinho em cada ponto da costura, do bordado ou do crochê. O resultado é coisa fofa.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

PONTINHOS FANTASIA

O galão é lindo! Autentico “vintage”. Sabe aquele aviamento que a gente fica cheia de ciúme, economizando? Pois é. Este é dessa turma. Estava há um tempinho já esperando a oportunidade de ser aproveitado de forma que fosse o valorizado.
Os barradinhos de crochê foram feitos especialmente para ele. Ficaram lindos!
Mas depois de pregados ficou faltando alguma coisa. Um detalhezinho, um temperinho...


Um pontinho fantasia no tom predominante do barradinho resolveu a questão.


Pontinhos fantasia são assim, quando usados com moderação funcionam muito bem. Condorda?


Agora uma curiosidade. Fui pesquisar a história deste galão.
Ele apareceu aqui e aqui, no blog antigo, em 2013!

Meu Quiron ainda estava aqui e a oficina na disposição antiga dos móveis, ainda sem o computador... Como as coisas mudaram em apenas três anos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...